16/124 REENCONTRANDO UMA AFEICAO DO PASSADO

 

CapaLivroCartasDeUmaMorta-174-259

16/124

REENCONTRANDO UMA AFEIÇÃO DO PASSADO

Muitos encarnados, que têm ouvido as diversas explanações quanto à vida dos espíritos nos planos da erraticidade, fazem uma falsa concepção do vocábulo, imaginando que a existência errática das entidades se processa por jornadas intermináveis, sem um objetivo definido, sem uma organização que regule o fenômeno das suas atividades nos espaços.

Essa maneira de encarar a questão não é verdadeira, pois, a vida no Além, decorre em um ambiente que, pelas suas características fluídicas, escapa à vossa compreensão, já que, dentro do vosso meio de matéria muito condensada, vos faltam as leis da analogia para que possais estabelecer uma comparação.

Maria João de Deus

Livro Cartas de uma Morta ­ Psicografia Chico Xavier

16/124 Livro Cartas De Uma Morta ­ Uma Pagina Por Dia
Projeto uma página por dia, entenda a proposta: [[VEJA AQUI!]]

MATURIDADE E CONSCIÊNCIA

Maturidade

CONSCIÊNCIA e MATURIDADE = AUTOCONHECIMENTO e AMOR

MATURIDADE E CONSCIÊNCIA
(Joanna de Ângelis)

A consciência atinge a plena conquista, quando o ser amadurece no seu processo psicológico de evolução. Esse amadurecimento é o resultado de um contínuo esforço em favor do autoconhecimento e da coragem para enfrentar-se, trabalhando com esforço íntimo as limitações e os processos infantis que nele ainda predominam.

Não sabendo superar as frustrações, fixa-as no inconsciente e torna-se sua vitima, fugindo para os mecanismos da irresponsabilidade toda vez que se vê a braços com dificuldades e enfrentamentos.

A maturidade psicológica não se restringe ao período de desenvolvimento da infância, e sim, ás várias fases da vida, considerando-se que a aprendizagem e o crescimento não cessam nunca, tornando-se uma constante até o momento da individualização, no qual o espírito comanda a matéria e o mantém-se em harmonia com o físico.

Não seja de estranhar que indivíduos adultos mantenham comportamentos infantis e que jovens se apresentem com equilibrada maturidade.

Naturalmente, o espírito é o agente da vida e dele procedem os valores que são ou não considerados durante a existência corporal.

O mecanismo para o amadurecimento psicológico do ser expressa-se de maneira natural, aguardando que a vontade e o contínuo esforço, para o reconhecimento das debilidades físicas, emocionais e outras, facultem o ânimo para corrigi-las e superá-las.

As funções psíquicas, que Jung classificou em número de quatro – sensorial, sentimental, intelectual e intuitiva – devem constituir um todo harmônico, sem predominância de alguma em detrimento de outra, proporcionando o amadurecimento, portanto, a plena realização da consciência.

O amadurecimento psicológico se exterioriza quando se ama, quando se alcança esse sentimento ablativo, demonstrando a libertação da idade infantil.

Egocêntrica e ambiciosa, a criança apega-se à posse e não doa, exigindo ser protegida e jamais protegendo, amada sem saber amar, nem como expressá-lo. O seu amor é possessivo e sempre se revela no receber, no tomar.

O seu tempo é presente total.

O adulto, diferindo dela, compreende que o amor é a ciência e arte de doar, de proporcionar felicidade a outrem.

O seu tempo é o futuro, que o momento constrói etapa a etapa, à medida que lhe amadurecem a afetividade e o psiquismo.

Enquanto o amor não sente prazer em doar, experimenta o período infantil, caracterizando-se pelo ciúme, pela insegurança, pelas exigências descabidas, portanto, egocêntrico, impróprio.

Quem ama com amadurecimento, plenifica-se com a felicidade do ser amado e beneficia-se pelo prazer de amar.

Há nele uma compreensão de liberdade que alcança os patamares elevados da renúncia pessoal, em favor da ampla movimentação e alegria do ser amado.

O que hoje não consegue, semeia em esperança para o amanhã.

O idoso amadurecido realiza-se em constantes experiências de amor e vivência culturais, emocionais, sociais beneficentes, livres do passado, das reminiscências que lhe constituem prazer fruído, no entanto, sem sentido.

Como o crescimento do homem maduro não termina, a sua consciência promove-o à certeza de que, desvestido do corpo, ele prosseguirá evoluindo.

Sintetizando toda a sabedoria de que era portador, Jesus, na condição de Psicólogo Excelente, prescreveu para as criaturas humanas a necessidade de se amarem umas às outras.

Com esta lição ímpar, não somente reformulou as propostas egocêntricas da Lei Antiga, de reações cruéis, portanto, infantis, como abriu perspectivas extraordinárias para a integração da criatura com o seu Criador, o Amor Supremo.

Posteriormente, buscando propiciar o amadurecimento das criaturas, Allan Kardec indagou aos Mensageiros da Luz, qual a mais meritória de todas as virtudes, e eles responderam, qual está registrado em O Livro dos Espíritos, na resposta de número 893:

– Toda virtude tem seu mérito próprio, porque todas indicam progresso na senda do bem. Há virtude sempre que há resistência voluntária ao arrastamento dos maus pendores. A sublimidade da virtude, porém, está no sacrifício do interesse pessoal, pelo bem do próximo, sem pensamento oculto. A mais meritória é a que assenta na mais desinteressada caridade. Porquanto através do autoconhecimento, o ser pensante, descobre as próprias imperfeições, trabalha-as, e, levado pela necessidade gregária, sai da solidão e ama.

(Joanna de Ângelis)

FORCE SUA NATUREZA PARA CIMA

seta_verde_cima

Force a sua natureza para cima.

A sua natureza é divina, pura e possui dinamismo e esplendor.

É como a semente que tem virtudes para ser árvore, flores e frutos.

Ela age e reage conforme você pensa, ama e faz.

Quando você a força para baixo, em direção a maldades ou vícios, ela se põe de sobreaviso, em posição de defesa, esperando que o sinal de decadência passe.

E se você anseia por crescer, progredir, melhorar-se e dela se lembra, então ela se volta, vibra e fulgura de tal maneira que lhe possibilita alcançar o que pretende.

A sua divina natureza é de progresso infinito.

Lourival Lopes

Extraído de “Sabedoria todo dia”

COMECE BEM O DIA

unnamed (2)

Comece bem o dia.

Pense:

Vou fazer hoje o melhor que puder.

Nenhum  trabalho supera a minha capacidade.

Tenho confiança que o melhor de mim transparecerá no que fizer.

Os pensamentos positivos estão me sacudindo o espírito, fazendo vibrar a vontade  de viver, crescer, amar, realizar com maestria, esperar com confiança.

Considero-me com muitas qualidades.

Quero fazer bem, ter mais paz.

Confio que alcançarei o que pretender.

Isso me dá sensação de calma e esperança.

Creia no pensamento positivo.

É  vencedor quem chega a pensar positivamente.

Lourival Lopes

Extraído de “Otimismo todo dia”

Solto, Agora, a Alegria que Mantinha em Cativeiro

Solte a alegria e transforme a vida por completo.   Pense assim:   A minha alegria aparece quando  quero, como a água do poço que sobe por sucção.    Tomo a decisão e, a partir deste momento, tranco  a tristeza e analisarei as palavras antes de as proferir.   Terei com todos verdadeira amizade e enfrentarei os problemas com coragem.    Solto, agora, a alegria que … Ler maisSolto, Agora, a Alegria que Mantinha em Cativeiro